O poder do consumidor consciente

Voltamos ao tema do poder do consumidor para impulsionar transformações na indústria e no mercado de serviços e produtos, a fim de ampliar a oferta de opções sustentáveis.

ok_moleco_bolso_tropical

Se você não leu os textos anteriores, clique aqui e aqui.

O jornal inglês The Guardian publicou recentemente um texto em que trata da batalha contra os agrotóxicos e o uso de aditivos químicos nos alimentos.

O jornal argumenta que é fácil imaginar a batalha em defesa de produtos mais verdes como uma luta titânica entre as indústrias e os governos, com os consumidores assistindo do lado de fora e sem poder fazer muito por suas vidas e saúde. Mas essa perspectiva, assim como a maioria das histórias sobre produtos químicos tóxicos, ignora uma parte chave da equação: a demanda do consumidor.

Para todo impulso de políticas governamentais e inovações da indústria, é a atração dos consumidores e do mercado que, em última instância, alimenta as maiores mudanças.

É importante ajudar os consumidores a reconhecerem esse poder que exercem.

Do lado do governo, há uma concentração em políticas e projetos de infra-estrutura que atendam às preocupações dos eleitores. Por parte das empresas e da indústria, há o desenvolvimento de produtos mais seguros e mais ecológicos para o mercado. Em ambos os casos, eles estão sendo puxados pelos desejos e demandas cada vez mais vocais dos eleitores e consumidores.

destaque_blog_moleco

Portanto, faça valer sua voz!

Exija e escolha produtos verdes, amigos do meio ambiente, e impulsione uma cadeia produtiva mais sustentável e igualitária!

Leia o texto completo no The Guardian, em inglês.

Comentários