A Terra e a Era do Plástico

Um estudo publicado no periódico Antropocene sugere que estamos entrando na Era do Plástico, em que a superfície do planeta está notavelmente alterada pelo descarte de materiais de longa durabilidade.

O estudo sugere que os plásticos têm um impacto de longo prazo na geologia do planeta porque são inertes e de difícil degradação. Como resultado, quando o lixo plástico é jogado na natureza, eles são incorporados ao solo ou aos oceanos e são consumidos pelo plâncton, pelos peixes e pássaros, muitas vezes causando a morte deles. Essa distribuição tanto nos ambientes terrestres como marinhos sugerem que esse é um indicador do Antropoceno, a era geológica caracterizada pelos impactos das ações do homem.

Crédito da foto: Universidade de Leicester/Divulgação

Crédito da foto: Universidade de Leicester/Divulgação

Atualmente, são produzidos quase um bilhão de tonelada desse material a cada três anos. Se todo plástico descartado nas últimas décadas fosse um filme plástico, seria o suficiente para ter uma camada em volta da Terra.

O plástico como vilão

Resistente, moldável e de baixo custo, o plástico é um material de grande utilidade. Porém, atualmente, tem sido amplamente usado para produzir objetos de vida útil curta como sacolas e embalagens descartáveis, que geralmente não recebem o destino correto e acabam se concentrando no solo e nos oceanos, prejudicando os processos naturais que ocorrem nesses ambientes e todas as formas de vida ali presentes.

Animais morrem ao ingerir pedaços de plástico, que também dificulta a troca de oxigênio da atmosfera com a água dos mares, prejudicando o ecossistema dos oceanos. Ao mesmo tempo em que aparece como provável vítima no final da cadeia alimentar, o homem está também no início da fila, já que a exploração do petróleo para a fabricação do plástico é uma atividade humana.

© Henrik Weis/cultura/Corbis

© Henrik Weis/cultura/Corbis

A solução do problema passa pelo consumo consciente. Reflita:

  • Por que comprar? Compre apenas aquilo que for necessário. Não se deixe levar por propagandas ou pelo impulso do momento;
  • O que comprar? Será que não é melhor comprar um produto durável, ao invés de usar produtos de plástico descartável? Sacolas ou copos de plástico descartáveis vão contribuir para formar os entulhos na natureza;
  • Como descartar? Vale a pena separar os materiais plásticos e encaminhá-los para a reciclagem, pois eles serão reaproveitados A atitude de cada consumidor faz a diferença. Mesmo os pequenos atos de consumo, ou de um pequeno grupo de pessoas, repetidos por um longo período de tempo, causam muito impacto.

Mais detalhes no site do Akatu.

Comentários