O Dia Mundial sem Carro mudou sua rotina?

Foi notícia em muitos veículos de comunicação, mas talvez você tenha passado o dia sem saber que hoje, 22 de setembro, é o Dia Mundial sem Carro.

Campanha do Ministério doo Meio Ambiente para o Dia Mundial sem Carro

Campanha do Ministério doo Meio Ambiente para o Dia Mundial sem Carro

Se o carro é indispensável na sua vida, pode ser que você nem tenha cogitado alterar a rotina para fazer parte desse movimento. Mas…

Por que o carro é tão essencial?

A proposta da data é justamente essa: sair de casa sem carro por um dia e ver como as outras opções de transporte na sua cidade podem substituir o automóvel.

Quem está muito acostumado a andar de carro esquece que pequenas distâncias percorridas a pé podem render gratas surpresas, como uma praça bonita, a descoberta de um lugar novo para comer, a experiência de se relacionar com as pessoas na rua…

Sair sem carro também pode ensinar que a experiência do transporte coletivo nem sempre é tão caótica e demorada como a gente pensa. E que andar de bicicleta, por exemplo, pode ser um ótimo jeito de aliar uma atividade física com o deslocamento até o trabalho.

Rio de Janeiro, Brazil --- Young woman in bus, Rio de Janeiro, Brazil --- Image by © JAG Images/Corbis

© JAG Images/Corbis

Em São Paulo, por exemplo, o número de paulistanos que usam carro diariamente caiu de 56% para 45% no último ano. Os números indicam que, mesmo na maior metrópole do país, um movimento em direção ao uso de transportes alternativos tem ganhado força.

Como é a realidade do transporte público e alternativo na sua cidade?

London, England, UK --- Young woman stands next to her bike in city --- Image by © Emma Tunbridge/Corbis

Foto de © Emma Tunbridge/Corbis

Cartilha do Ciclista

Para marcar o dia de hoje, o Ministério das Cidades publicou uma Cartilha do Ciclista, que tem o objetivo de conscientizar os cidadãos sobre o uso da bicicleta como transporte alternativo.

Clique aqui para fazer o download da Cartilha.

Como foi seu Dia Mundial sem Carro?

Conseguiu usar algum transporte alternativo?

Comentários